Colonoscopia

O que é a colonoscopia?

Colonoscopia é um método diagnóstico e algumas vezes terapêutico, que consiste na introdução de um cabo de fibra ótica (Figura 1), pelo ânus.

Colonoscopia 

Figura 1

Sob visão direta em um monitor (Figura 2), o médico que realiza o exame, pode visualizar os segmentos do intestino grosso (reto, colon descendente, colon transverso, colon ascendente e ceco), até a porção final do intestino fino (íleo terminal). Durante a realização do exame o paciente é submetido a uma sedação, ou seja, recebe um medicamento endovenoso para atenuar o desconforto da progressão do aparelho pelo intestino.

Colonoscopia

Figura 2


Como é realizada a colonoscopia?

Você será posicionado, confortavelmente, numa maca, deitado sobre o seu lado esquerdo.

Uma veia será puncionada para a administração de sedativos para que o exame não seja desconfortável. Após a administração do medicamento, será realizado um toque retal para relaxamento dos esfíncteres anais, seguido da introdução do aparelho. Esses procedimentos são indolores.

Após posicionamento apropriado, o aparelho será introduzido suavemente através dos segmentos intestinais, permitindo o exame cuidadoso de toda a mucosa. Para melhorar a visualização, é necessário injetar pequenas quantidades de ar dentro do intestino, o que pode causar um pouco de cólica. Para facilitar a progressão do aparelho, você pode ser solicitado a mudar de posição e ficar deitado de costas.

Todo esse procedimento é auxiliado por uma enfermeira especialmente treinada.

O que acontece se a colonoscopia mostra algo anormal?

Se durante o procedimento o médico achar que uma área necessita de maior avaliação, ele irá realizar uma biópsia (retirada de uma pequena amostra da mucosa do cólon), para ser analisada.

Biópsias são usadas para identificar várias condições e não só para análise de câncer, portanto não se assuste se ao término do exame você for informado da realização de biópsia.

Outra condição que poderá ocorrer é a remoção de pólipos durante o exame.

O que são pólipos e porque são removidos?

Pólipos são áreas de crescimento anormal da mucosa do cólon, que são usualmente benignos (não cancerosos). Eles variam em tamanho de um minúsculo ponto até centímetros.

Os pólipos são removidos sempre que possível e enviados para analise. Câncer começa nos pólipos, removê-los significa uma importante prevenção do câncer colorretal.

Quais são as possíveis complicações da colonoscopia?

Colonoscopia e polipectomia são geralmente seguras. Uma possível complicação é perfuração, ou úlcera na parede intestinal, que poderá precisar de cirurgia.

Sangramento pode ocorrer no lugar da biópsia ou polipectomia, mas é geralmente mínimo. Pode parar espontaneamente ou ser controlado através do colonoscópio; raramente requer tratamento posterior.

Alguns pacientes podem ter reações aos sedativos, ou complicações de doenças cardíacas ou pulmonares.

Complicações após colono são incomuns; mas é importante reconhecer sinais precoces de possíveis problemas.

Contacte seu médico se notar dor abdominal severa, febre e calafrios, ou sangramento retal maior que meio copo caso não seja possível o contato, vá ao pronto-socorro.

OBS: Note que sangramento pode acontecer alguns dias após polipectomia.

Eu posso tomar minhas medicações de rotina?

A maioria das medicações pode ser tomada como de costume, mas algumas podem interferir com o preparo do exame.

Informe seu médico sobre as medicações que você está tomando, particularmente aspirina e derivados, medicações para artrite, anticoagulantes, insulina ou derivados de ferro.

Mencione também alergias medicamentosas.

Alerte seu médico se você precisou de antibióticos antes de procedimentos dentários, pois poderá necessitar também antes da colono.

Quais são as contra-indicações da colonoscopia?

As contra-indicações da colonoscopia podem ser absolutas ou relativas. A colonoscopia deve ser contra-indicada de maneira absoluta quando um paciente apresentar qualquer suspeita clínica ou radiológica de abdômen agudo perfurativo, diverticulite aguda ou de megacólon tóxico.

A polipectomia está contra-indicada quando o preparo do cólon não estiver adequado, devido ao risco de explosão gasosa.

Outras contra-indicações da colonoscopia são relativas, sendo as mais importantes:

1. Infarto recente do miocárdio,

2. Embolia pulmonar recente,

3. Neutropenia importante,

4. Gravidez após o 2º semestre,

5. Grande aneurisma de aorta ou de ilíaca,

6. Grande esplenomegalia,


Como é realizado o preparo antes do exame de colonoscopia?

É necessária uma preparação prévia ao exame, o intestino deve estar totalmente limpo, sem a presença de fezes. Para isso é necessária uma dieta no dia anterior ao exame e o uso de laxativos, no dia anterior e dia do exame.

Os preparos intestinais (limpeza do intestino) variam entre os locais que realizam o exame, cada serviço tem um preparo de preferência, e todos os preparos visam minimizar ao máximo o desconforto da limpeza intestinal, é comum os pacientes se queixarem do preparo prévio e não do exame em si.

A maioria dos preparos utiliza o Manitol (Figura 3), que é um tipo de açúcar que promove diarreia quando ingerido. 

Preparo Colonoscopia

Figura 3

O preparo antes da colonoscopia é explicado em detalhes no link abaixo:

Clique aqui e veja como deve ser feita a preparação deste exame


Veja os serviços prestados

Convênios

  • Allianz Saúde
  • Ameplan
  • Amil
  • Apeoesp
  • Bradesco Saúde
  • Care Plus
  • Cassi
  • Cetesb
  • Classes Laboriosas
  • Dix
  • Economus
  • Fundação CESP
  • Gama Saúde
  • Hapvida
  • Intermedica
  • Itau
  • Life Empresarial
  • Life System
  • Marítima Saúde
  • Medial
  • MedService
  • Metrus
  • Notredame
  • Omint Saúde
  • Ônix
  • Portomed
  • Porto Seguro
  • Sabesprev
  • Santamalia
  • Saúde Secular
  • SP Trans
  • Sul America Saúde
  • Unafisco
  • Unibanco
  • Unimed